Futebol Português e Espanhol

Notícias sobre os jogos, classificações e estatísticas dos campeonatos português e espanhol.

Arquivos de tags: semifinal

Espanha ganha de Portugal nos pênaltis e está na final de Euro 2012

Espanha e Portugal jogaram 120 minutos para alcançar uma vaga na final da Euro 2012, mas o vencedor saiu somente nos pênaltis. Após empate de 0x0 no tempo normal e na prorrogação, na disputa de pênaltis a Espanha venceu por 4×2 e está esperando agora o vencedor da outra semifinal que será disputada entre Alemanha x Itália.

Espanha está na final da Euro 2012

Crônica: Portugal entrou no jogo com grande determinação tática e anulou o toque de bola da Espanha. No ataque jogando com Nani e Cristiano Ronaldo nas pontas e Hugo Almeida centralizado e atuando como pivô, Portugal levava perigo a defesa do Barcelona em ocasiões de bola parada e de ligações diretas realizadas através da zaga portuguesa.

A Espanha do técnico Vicente del Bosque tentou surpreender com a entrada de Negredo no lugar de Fábregas, mas a surpresa não surgiu efeito esperado pelo técnico espanhol. No segundo tempo entraram em campo Fábregas (saiu Negredo) Jesus Navas (saiu David Silva) e Pedro (saiu Xavi), mas o time não conseguiu avançar muito sobre a zaga portuguesa. O único momento no segundo tempo que poderia levar perigo para Portugal foi um toque de Alba para Fábregas que poderia entrar cara-a-cara com o goleiro Patrício, mas sofreu uma falta e o lance foi interrompido.

No final do segundo tempo, Paulo Bento sacou Hugo Almeida e colocou Nelson Oliveira que mais uma vez não acrescentou nada nos minutos finais da partida e nem na prorrogação. A Espanha entrou na prorrogação com mais vontade de decidir a partida e dominou praticamente os dois tempos. Em excelente jogada pelo lado esquerdo de ataque, Pedro toca para Iniesta que recebe a bola próximo a marca do pênalti e chuta para o gol: Rui Patrício faz excelente defesa e segura o 0x0 no placar.

Na disputa de pênaltis, Cristiano Ronaldo fornece uma dica valiosa para Rui Patrício que defende a primeira o pênalti de Xabi Alonso pulando no lado esquerdo. Na primeira batida da equipe portuguesa, Moutinho bate muito mal e Casillas defende. As cobranças vão se alternando com 0-1, Iniesta (ES), 1-1, Pepe (PT), 1-2, Piqué (ES), 2-2, Nani (OT) e 2-3 com Sergio Ramos (ES). A quarta cobrança foi desperdiçada por Bruno Alves, que chutou no travessão. Cesc Fàbregas converte o quinto pênalti e fecha a disputa em 4×2 para Espanha, classificada para a final da Euro 2012.

Clique aqui e veja os melhores momentos da partida no site da ESPN Brasil.

Anúncios

Espanha x Portugal decidem semifinal na Euro 2012

Espanha e Portugal disputarão na próxima quarta, 27 de Junho, quem disputará a final da Euro 2012. Na seleção portuguesa todos os olhos estão voltados para Cristiano Ronaldo, considerado até agora como a estrela da Euro. Caso repita as últimas atuações e chegue até as finais, Cristiano Ronaldo acumulará mais pontos para a corrida individual de melhor jogador da temporada.

Já a seleção espanhola contará com o toque de bola de Fábregas, Iniesta e Xavi para conseguir passar pela seleção portuguesa. Utilizando o mesmo esquema utilizado pelo Barcelona de manter a posse de bola durante grande parte do jogo, a seleção espanhola não teve muitas dificuldades para passar pela França e chegar até as semifinais.

A partida da próxima quarta será transmitida pelo Sportv a partir das 15:45h.

Gil Vicente está na final da Taça da Liga de Portugal

Após o empate em 2×2, o Gil Vicente venceu por 4×2 o Braga nos pênaltis e está na final da Taça da Liga. O outro finalista é o Benfica que passou pelo Porto na última terça.

Comemoração do Gil Vicente.

Clique aqui para ler o resumo da partida no site da Liga Portuguesa.

Benfica vence o Porto e está na final da Taça da Liga

O Benfica venceu o Porto por 3×2 em jogo único valendo pela semifinal da Taça da Liga e disputará a final da competição. O outro finalista será conhecido na partida entre Gil Vicente e Braga que será realizado na próxima quinta, 22 de Março.

O Benfica saiu na frente com Maxi Pereira aos 3′, mas o Porto não demorou para virar o placar: aos 8′ Lucho Gonzales empatou e aos 16′ Mangala virou a partida. Após sofrer o empate, o Benfica se acertou em campo, com Aimar construindo a maioria das jogadas de ataque, ajudado por Bruno César jogando aberto pelo lado direito do ataque. A pressão do Benfica pelo gol de empate resultou em três bolas na trave do Porto e um gol perdido Maxi Pereira, aonde o goleiro do Porto esta batido no lance. Tanta pressão resultou no gol de empate de Nolito aos 41′.

Ainda no final do primeiro tempo, o Benfica pressionou o time do Porto contra a defesa e quase aumentou o placar, mas o empate persistiu no final da primeira etapa.

Ao rolar a bola para o segundo tempo, as duas equipes diminuíram o ímpeto pelo ataque, preferindo os lances de bola parada e construção de jogadas mais elaboradas. Os dois treinadores fizeram diversas substituições, sendo as mais importantes as entradas de James Rodriguez pelo Porto e Óscar Cardozo pelo Benfica. A entrada do meio-campo portista foi fundamental para levar o time ao ataque e pressionar o Benfica.

Mas foi em um lance de contra-ataque que o Benfica fechou o placar: o artilheiro Cardozo recebeu a bola na intermediária e partiu em direção ao gol. Ao chegar na entrada da área, Cardozo encheu o pé e marcou o gol da vitória e da classificação para a final.

Bola fora: frase de Pinto da Costa, presidente do Porto:

“Desta já estamos livres”

Clique aqui para ler a matéria no site Diário de Notícias.